Notícia


Pular Links de NavegaçãoHome > Notícias > Notícia

O papel do designer no mundo contemporâneo é tema de palestra na Casa Fiat de Cultura



 

Professor Luigi Bistagnino apresentará, no Quartas Italianas, os conceitos do Design Sistêmico, que visa reequilibrar a relação entre produção, ambiente e sociedade.

A última edição do Quartas Italianas na Casa Fiat de Cultura deste ano apresenta ao público o professor Luigi Bistagnino, criador do Design Sistêmico, uma metodologia que visa reequilibrar a relação entre produção, ambiente e sociedade. A palestra será realizada no dia 12 de dezembro, das 19h30 às 21h, com tradução simultânea, entrada gratuita e espaço sujeito à lotação (200 lugares). Ingressos antecipados pelo Sympla a partir de 7 de dezembro ou na recepção da Casa Fiat de Cultura, no dia do evento, a partir das 18h30.

O Design Sistêmico, metodologia desenvolvida pelo professor italiano Luigi Bistagnino, reconhece e valoriza a comunidade, a identidade, o conhecimento e os recursos locais, permitindo a criação de produtos para mercados específicos e contextualizados que trafegam na contramão dos produtos globalizados. Neste cenário, emergem produtos e serviços que respeitam as especificidades culturais, ambientais e territoriais. “Sob essa ótica, a produção deve ser considerada como uma forma de sustentação da sociedade e não o seu fim. Como designers, devemos nos perguntar se queremos continuar a projetar somente um produto ou se preferimos projetar o homem, se escolheremos mostrar nossas competências, projetando uma forma, ou se as usaremos para projetar a sociedade. Ao fortalecer os valores conectados ao ‘ser’ e não ao ‘ter’, as prioridades das relações são alteradas em âmbito social e produtivo”, comenta o professor.

Além de explanar os conceitos do Design Sistêmico, Luigi Bistagnino fará uma reflexão sobre o papel do designer na mediação entre empresa e mercado no mundo contemporâneo, no qual a sustentabilidade precisa ser pensada como uma questão coletiva, da qual todos fazem parte como atores sociais. “Quando a sustentabilidade passa a ser o foco de um projeto, espera-se do profissional de design uma estratégia que inclui contribuir para que seus produtos sejam ecologicamente corretos, economicamente viáveis, socialmente justos e culturalmente aceitos”, explica. Considerando as necessidades empresariais do mercado, o professor apresentará a factibilidade de desenvolver ações múltiplas e simultâneas, capazes de considerar tanto a rentabilidade quanto a sustentabilidade de um projeto.

Desde 2015 o Quartas Italianas apresenta palestras sobre arte e cultura italianas e já recebeu um público de três mil pessoas. A palestra sobre Design Sistêmico é uma parceria da Casa Fiat de Cultura, da Universidade Estadual de Minas Gerais (UEMG), da Fundação Torino e do Consulado Italiano em Belo Horizonte, e uma realização do Ministério da Cultura, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura, da Casa Fiat de Cultura, com o apoio da Fiat Chrysler Automobiles, Banco Fidis, Fiat Chrysler Finanças, Fiat Chrysler Participações, Banco Safra, Circuito Liberdade, Instituto Estadual do Patrimônio Histórico (Iepha), Governo de Minas e Governo Federal.

 

 

Luigi Bistagnino

Criador da metodologia Design Sistêmico. Trabalha com ecocompatibilidade de produtos (design de componentes) e de processos (design sistêmico) nos setores agroalimentar e industrial. Fundador do grupo de pesquisa em Design Sistêmico, tema de seu mestrado no Politecnico di Torino (POLITO), onde foi professor e coordenador do curso de Design. Atualmente é coordenador do Comitê Científico do Centro SIDERE (Pesquisa e Educação em Design Sistêmico) no POLITO e na ECAM de Lyon (França), onde também é professor. É presidente e fundador da Systemic Approach Foundation e coordenador e membro de várias pesquisas na área de design. Entre suas publicações destacam-se “microMACRO: a complexidade das micro-relações sistêmicas gera o novo modelo econômico-produtivo” e “Design Sistêmico: projetar para sustentabilidade produtiva e ambiental”.

 

Casa Fiat de Cultura

Há 12 anos, a Casa Fiat de Cultura cumpre importante papel na transformação do cenário cultural mineiro, ao apresentar, em Belo Horizonte, algumas das mais relevantes e prestigiadas exposições já realizadas no Brasil. Foram mais de 40 exposições de consagrados artistas brasileiros e internacionais, além de mostras de artistas que despontam na cena contemporânea. Sua contribuição à renovação da produção artística e à formação de público se estende por meio de uma programação diversificada de música, palestras e de um Programa Educativo que propõe conceitos e reflexões no diálogo com o público em visitas mediadas e nas práticas promovidas no Ateliê Aberto, um espaço de experimentação artística livre. A Casa Fiat de Cultura integra um dos mais expressivos corredores culturais do país, o Circuito Liberdade, em Belo Horizonte. Em sua sede no histórico edifício do Palácio dos Despachos apresenta, em caráter permanente, o simbólico painel de Portinari, Civilização Mineira, de 1959. Mais de 2,5 milhões de pessoas já visitaram suas exposições e 400 mil participaram de suas atividades educativas.

 

SERVIÇO

Quartas Italianas na Casa Fiat de Cultura

Palestra: “Design Sistêmico: o equilíbrio na relação entre produção, ambiente e sociedade”

Com o professor Luigi Bistagnino

12 de dezembro, das 19h30 às 21h

Tradução simultânea

Entrada gratuita, com espaço sujeito à lotação (200 lugares)

Ingressos antecipados pelo Sympla a partir de 7 de dezembro ou na recepção da Casa Fiat de Cultura, no dia do evento, a partir das 18h30

RESERVE SEU INGRESSO AQUI

Casa Fiat de Cultura - Circuito Liberdade

Praça da Liberdade, 10, Funcionários – BH/MG

Horário de funcionamento: terça a sexta, das 10h às 21h; sábados, domingos e feriados, das 10h às 18h

 

Informações

(31) 3289-8900

www.casafiatdecultura.com.br

facebook.com.br/casafiatdecultura

www.circuitoculturalliberdade.com.br

Processando sua requisição
Por favor, aguarde...