Ir para conteúdo

Mesa redonda discutirá o papel do design e do designer na atualidade

Programa de Pós-Graduação em Design da UEMG realizará, no próximo dia 28, mesa redonda com os professores e pesquisadores. Dr. João Eduardo Chagas Sobral e Dr. Ricardo Triska para discutir aspectos relacionados à atuação profissional e acadêmica dos designers em nosso século, tendo como recorte as demandas por internacionalização.

O Prof. Dr. João Eduardo Chagas Sobral discutirá sobre o que é o design no século XXI e a importância e necessidade da internacionalização da universidade neste contexto e o Prof. Dr. Ricardo Triska fará uma reflexão sobre a área de design, o profissional e a visibilidade dos PPGD’s  a partir de sua produção intelectual, visando a internacionalização.

A mesa redonda é uma iniciativa do Programa de pós Graduação – Mestrado e Doutorado em Design da UEMG e contará com as presenças dos professores da UEMG Dr. Sérgio Antônio da Silva, Dra. Rita Aparecida da Conceição Ribeiro e Dra. Rita de Castro Engler.

Será realizada no dia 28 de novembro, no horário de 9:30 as 12:00 h, no auditório da Escola de Design,  situada à Av. Antônio Carlos, 7545.

Prof. Dr. João Eduardo Chagas Sobral

Doutor em Design e Sociedade pela PUC-Rio (2011). Mestrado em Educação pela FURB-Fundação Universidade Regional de Blumenau (2002). Graduado em Comunicação Visual pela Universidade Federal de Pernambuco (1983). É professor titular da Universidade da Região de Joinville/Univille com larga experiência em gestão acadêmica. É pesquisador e consultor ad hoc atuando para instituições como CNPq, CAPES, FAPESC e CEE/SC. É ainda Coordenador do Fórum Nacional de Pós-Graduação em Design e membro da Diretoria de Internacionalização da CAPES.

 

Prof. Dr. Ricardo Triska

Professor do quadro de Docentes Permanentes do Programa de Pós-graduação em Design, níveis mestrado e doutorado, e do curso de Bacharelado em Design da Universidade Federal de Santa Catarina. É Doutor em Engenharia de Produção (Área de concentração Ergonomia) pela própria UFSC (2001), com mestrado em Ciência da Informação pela UFRJ (1993) e graduação em Ciência da Computação também pela UFSC (1984). Atualmente está finalizando o período como Professor Visitante no Departamento de Artes e Design (School of Art + Design) na Universidade de Illinois (UNIVERSITY OF ILLINOIS AT URBANA – CHAMPAIGN).

O Espaço Cultural Escola de Design – UEMG apresenta exposição comemorativa do centenário da Escola Bauhaus

Em 2019 é comemorado o 100º aniversário de fundação da Escola Bauhaus, uma das instituições que, apesar de sua curta existência de 14 anos (1919-1933), foi uma das mais influentes no campo do ensino do design. Nesse sentido a Escola de Design da UEMG está realizando uma exposição em homenagem à escola alemã. Com curadoria da professora Giselle Safar a exposição não tem caráter documental, seu foco não é narrar a história da Escola Bauhaus, normalmente bem conhecida por quem transita próximo às áreas de arquitetura e design.

A exposição tem caráter de comemoração e a sua intenção é criar pequenos ambientes nos quais a expografia, realizada pela professora Maria Lúcia Machado, se misture a estratégias comerciais de caráter cultural. Desse modo, por meio de painéis com frases de professores e alunos da famosa escola, o visitante poderá conhecer, pelo seu conteúdo, a diversidade das atividades, a vanguarda do pensamento e a ousadia das propostas didático-pedagógicas. Os objetos e mobiliários que compõem parte da exposição foram disponibilizados por colecionadores e lojistas que comercializam réplicas autênticas das produzidas no período, uma pequena mostra das criações de membros da escola, projetos que confirmam a força de sua permanência.

Em um ponto da Exposição o visitante poderá ainda tirar uma foto especial para vinculação em suas redes sociais reproduzindo uma das fotos mais emblemáticas da Bauhaus na qual uma estudante desconhecida está sentada na famosa peça projetadas por Marcel Breuer: a poltrona Wassily.

Em horários específicos, que serão divulgados nas redes sociais da Escola de Design, haverá sessões de projeção mapeada na fachada do novo prédio da escola. Além disso, também em horários especiais e ingressos disponibilizados pelo Sympla, será apresentado o documentário Construindo o futuro – 100 anos Bauhaus gentilmente cedido pelo Goethe Institut em sessões comentadas, pequenas aulas abertas oferecidas por professores da unidade, com foco na percepção do processo de aprendizagem e na herança deixada pela famosa escola alemã.

 

Serviço:

Exposição: Sentir Bauhaus

Horário: 30 de novembro a 16 de dezembro, de segunda a sábado, de 13h às 21 horas.

Local: Espaço Cultural Escola de Design – UEMG

Endereço: Rua Gonçalves Dias, 1400 – Praça da Liberdade

Entrada Franca

Contato: espacocultural.design@uemg.br

MUDA – Mostra Unificada de Design e Artes é realizada com sucesso no Espaço Cultural da Escola de Design UEMG

O Projeto Muda é uma iniciativa independente realizada por um coletivo de alunos de Design e Artes: Anna Luiza Militão (design gráfico), Bernardo Ferreira Campos (design gráfico) e Sirlan Monteiro Caldeira (artes visuais licenciatura) apoiados pela coordenação de extensão da unidade e pela professora Telma Martins.

A 1ª Edição do evento aconteceu no dia 09 de novembro último no Espaço Cultural da Escola de Design e destinou-se a todo o público frequentador da Praça da Liberdade, principalmente pessoas que se interessam pela produção artística e cultural.

Para a mostra inaugural foram escolhidas atrações de diversas áreas e estilos dos movimentos culturais de Belo Horizonte e região metropolitana. No período de 08:00 às 16:00 horas o evento contou com a participação de Dj’s, performistas, oficineiros e expositores selecionados por meio de edital e que tiveram a oportunidade de mostrar seus talentos indiViduais numa grande diversidade de produtos.

Para a 1ª Edição foram convidados os DJ’s: Leonardo de Oliveira Thebit (groove / soul / funk brasileiro) e Diego Lucas da Cruz (soft techno) e artistas  que ofereceram oficinas gratuitas para os visitantes, tais como: macramê com Cláudia Lúcia de Souza; encadernação artística com Jameny Delia Sarmiento Rivera; dança intuitiva com Henrique Alves de Oliveira e pigmentos naturais com Sofia Martino de Sá.

A forma tranquila e organizada como a Mostra Unificada de Design e Artes aconteceu indica a importância de se elaborar um projeto e ter o acompanhamento adequado durante todo o planejamento de um evento.

Que a MUDA seja muito bem-vinda!

 

Você está sem conexão com a internet