Ir para conteúdo

Centro de Estudos em Design de Gemas e Jóias (CEDGEM)

O Centro de Estudos em Design de Gemas e Joias – CEDGEM da Escola de Design nasceu da natural convergência da experiência da escola na formação de profissionais de design e a particular vocação do Estado para o setor de gemas e Joias. Desde sua criação em 2003, o Centro vem se aplicando no desenvolvimento de atividades de pesquisa, extensão e capacitação, voltadas à inovação técnica e tecnológica de produtos e processos do setor de gemas e joias. Alinhadas e ou vinculadas a políticas e programas do Estado para o setor, seus estudos e projetos buscam o desenvolvimento de ações que contribuam para a inovação e valorização dos bens e produtos minerais, pela vertente do design. Para cumprir o objetivo de disseminar conhecimento, transferindo tecnologia a unidades e regiões produtivas do setor, mantém parceria com instituições públicas e privadas, com as quais desenvolve projetos orientados por linhas de pesquisas registradas no grupo Estudos em Design de Gemas e Joias no CNPq.

Por meio dos seus laboratórios, o Centro faz interface com o setor produtivo de gemas e joias, apoiado no pressuposto que todo o conhecimento ali produzido seja aplicado em benefício do setor e da sociedade. Os experimentos e ensaios desenvolvidos nesses laboratórios orientam-se para problemas e necessidades identificadas em conjunto com as unidades produtivas do setor, e demandadas pelos diversos níveis de sua cadeia de valor.

Com o apoio de órgãos de fomento, com destaque para a FAPEMIG, e a parceria com instituições públicas e privadas, projetos de pesquisa, extensão e capacitação têm sido desenvolvidos e abraçados por comunidades produtivas, particularmente de regiões do Vale do Jequitinhonha e Mucuri. Essas pequenas aglomerações produtivas não conseguem sozinhas enfrentar os desafios da inovação. Distantes dos benefícios derivados do progresso da ciência e da técnica, elas se ressentem da falta de aplicação dessas conquistas em suas unidades.

O CEDGEM, no cumprimento de seus objetivos de aplicar os conhecimentos e tecnologias gerados no âmbito de suas pesquisas, e no compromisso assumido junto a essas comunidades, busca sempre atuar condizente com as demandas universais do setor, porém voltado às realidades e necessidades particulares locais.

Desta forma, a equipe multidisciplinar do CEDGEM espera contribuir para o desenvolvimento sustentável dessas regiões que têm a mineração como base de sustentação econômica, por meio da continuidade dos projetos pensados com o objetivo central de valorizar o patrimônio material e cultural das regiões produtivas mineiras e sua gente.

Coordenação: Prof. Adriano Mol

Localização: Av. Pres. Antônio Carlos, 7545, 4º Andar, sala 47

(31) 3439-6509

design.joias@uemg.br

Linhas de Pesquisa:

Concepção e Desenvolvimento de Produto

Desenvolver novos produtos para o setor de gemas e jóias, a partir da pesquisa de aspectos materiais e iconográficos do Estado de Minas Gerais.

Design de Lapidação

Pesquisar novas possibilidades formais, técnicas e tecnológicas de lapidação de gemas, afim de aplicá-las a produtos do setor.

Técnicas de Modelagem e Prototipagem

Estudo das técnicas e tecnologias específicas de representação Bi e tri dimensional do produto de Joalheria.

Técnicas tecnologias e processos aplicados ao ouro

Pesquisar e desenvolver técnicas e tecnologias do ouro na inovação de produtos de Joalheria.

Grupo de pesquisa sediado no Centro:

O GEDAI – Grupo de Experimentações em Design, Afeto e Indumentária é coordenado pelos professores Flávio Nascimento e Mara Guerra. O grupo também abriga um Laboratório de Processos Criativos em Design e Moda. O Laboratório tem como objetivo explorar métodos e processos de estímulo à criatividade em ensaios projetuais a partir de temas como memória afetiva e cultura material promovendo experimentações em design afetivo e moda. O email para contato do grupo é o gedai.design@gmail.com

Os membros do Centro participam ainda como convidados dos seguintes grupos de pesquisa:

Grupo: História da Técnica, Histórica da Ourivesaria; Instituição-sede: Escola de Design/UEMG. Líder: Luiz Henrique Ozanan de Oliveira, Membro: Mara Lúcia de Paiva Guerra.

Grupo: Ciência e Tecnologia dos Materiais, Instituição-sede: Comissão Nacional de Energia Nuclear/ CDTN. Líder: Fernando Soares Lameiras, Membro: Adriano Aguiar Mol.

Grupo: Caracterização de Gemas, Instituição-sede: Centro de Tecnologia Mineral/CETEM-RJ, Líder: Jurgen Schnellrath, Membro: Adriano Aguiar Mol.

Para informações como dados das linhas de pesquisa e recursos humanos disponíveis para a realização das mesmas, confira o grupo no Diretório Dos Grupos de Pesquisa no Brasil registrado junto o CNPq.

Equipe:

Nome/FunçãoE-mailCurriculo Lattes
Adriano Mol, Profadriano.mol@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/9175837846207524
Bernadete Teixeira, Profamaria.teixeira@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/6577569073294192
Flávio Nascimento, Profflavio.nascimento@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/3202534145944006
Mara Guerra, Profamara.guerra@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/2242061615883219
Thatiane Mendes Duque, Profathatiane.duque@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/1033054009313345
Wadson Amorim, Profwadson.amorim@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/0361199088334881
Luciléia Rosas, Analista Universitárialucileia.rosas@uemg.brhttp://lattes.cnpq.br/0910121052089992

Projetos:

Prateiros do Leite

O projeto Prateiros do Leite, promovido pelo Sebrae-MG e desenvolvido em Santo Antônio do Leite, distrito de Ouro Preto, em Minas Gerais, atendeu a emergente necessidade da Associação de Artesãos de Santo Antônio do Leite de promover a inovação e reforçar a identidade das suas joias, o que trouxe o design como instrumento estratégico de valorização dos produtos e marca locais. Guiado pela co-criação entre designers e artesãos, o desenvolvimento dos produtos orientou-se pelas características e potencialidades da produção local, comunicando os valores materiais e subjetivos do território. Integrantes: Adriano Mol, Bernadete Teixeira, Iara Mol, Wadson Amorim, Mara Lucia Guerra, Maira Paiva Pereira, Ronaldo Freesz.

UNIT

O projeto promoveu o desenvolvimento de Capacidade Tecnológica Própria no Arranjo Produtivo de Gemas e Joias de Teófilo Otoni, pela transferência de conhecimento e tecnologia via Unidade de Inovação Tecnológica/UNIT, tendo como objetivo potencializar a inovação e a melhoria da qualidade dos processos e produtos do setor de gemas e jóias da região. Integrantes: Maria Bernadete Santos Teixeira, Adriano Mol, Antônio Augusto Vieira Melo Mattos, Ronaldo Freesz, Maíra Paiva Pereira, Mara Guerra, Jacqueline Ávila Ribeiro Mota, Maria Cezarina Vitor Souza, José Eduardo Valadares Bahia, Wadson Amorim, Bruno Bento, Victor Gonçalves, Vanusa Catta Preta.

Projeto Aliança – Cultura e Economia Criativa

O projeto ALIANÇA se coloca como a oportunidade de desenvolver um trabalho colaborativo entre a Universidade do Estado de Minas Gerais, o Pesquisador Convidado, Professor Dr. Gonçalo Mesquita da Silveira de Vasconcelos e Sousa, e o Centro Interpretativo da Ourivesaria do Norte de Portugal ‐ CIONP. O objetivo foi pesquisar a evolução da joalheria em Minas Gerais a partir de sua origem portuguesa e na perspectiva da inovação de produtos em comunidades criativas. Esta pesquisa contempla levantamento bibliográfico, estudos de caso, elaboração de materiais de consulta, realização de encontros de divulgação científica e capacitação, integrando pesquisadores de diferentes grupos de pesquisa relacionados ao tema da Joalheria. Integrantes: Adriano Aguiar Mol, Maria Bernadete Santos Teixeira, Luiz Henrique Ozanam de Oliveira, Mara Lúcia de Paiva Guerra, Pedro Henrique Pereira Nascimento, Raquel Pereira Canaan, Sebastiana Luiza Bragança Lana, Gonçalo Vasconcelos e Sousa.

Recope

Uma parceria com a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), a Associação dos Joalheiros, Empresários de Pedras Preciosas, Relógios e Bijuterias de Minas Gerais (Ajomig) e a FAPEMIG, onde os resíduos da mineração – principal fonte de renda de Coronel Murta – foram reaproveitados e utilizados em adornos e joias, por meio de um trabalho não só de pesquisa, mas também de inclusão social. A iniciativa rendeu ao grupo o 1º Prêmio Sebrae Minas Design, em 2008, e foi selecionada para participar da Bienal Brasileira de Design de Curitiba. Integrantes: Maria Bernadete Santos Teixeira, Adriano Aguiar Mol, Paulo Miranda de Oliveira, Luiz Henrique Ozanam de Oliveira, Ronaldo Freesz, Eduardo Romeiro.

Links úteis

Programa de Pós-Graduação lato sensu em Design de Gemas e Joias: http://ed.uemg.br/cursos/pos-graduacao-lato-sensu/design-de-gemas-e-joias

Você está sem conexão com a internet